A tocar

Título

Artista

No ar

No ar

Background

Alentejo 2030: Os primeiros apoios vão para as empresas da região

Escrito por em Janeiro 20, 2023

A Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, considerou 2023 ser um “ano muito desafiante” durante a apresentação do Programa Regional Alentejo 2030, na CCDR Alentejo, em Évora.

A ministra afirmou ser essencial iniciar “rapidamente” o novo programa, apesar de o anterior ainda não estar concluído. A ministra reforçou que para terminar o programa, falta executar no Alentejo, 20% de fundos comunitárias, ainda com “muito trabalho a fazer”.

Ana Abrunhosa alertou ainda que este, será o último ano para pôr em prática o Portugal 2030, sendo “executada a totalidade das verbas”. A diferença, disse, é que neste existe uma “flexibilidade que não tínhamos no passado”, nomeadamente “no aumento das taxas de apoio e que só isso bastava para encerrar o programa, mas para isso tínhamos de fazer cair projectos”, adiantou.

Com uma dotação global de 1.104,3 milhões de euros, o 2030 tem como base cinco objectivos estratégicos da União Europeia: uma Europa mais inteligente, mais verde, mais conectada, mais social e mais próxima dos cidadãos.

Os avisos do novo quadro comunitário estão previstos para o primeiro trimestre deste ano, com a prioridade no apoio às empresas, aprovados agora pelas CCDR’s do país.