A tocar

Título

Artista

No ar

No ar

Background

CIMBAL tem o maior orçamento de sempre para 2023: mais de 10 milhões de euros

Escrito por em Janeiro 5, 2023

Com várias áreas de actividade, o ano de 2022 foi produtivo para a Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo. O primeiro-secretário, Fernando Romba, faz um “balanço positivo” do ano que passou, com “desafios grandes, principalmente na autoridade de transportes”.

Foram várias as iniciativas desenvolvidas pela CIMBAL em sectores determinantes como “o turismo, a economia circular, o ambiente e o associar o Baixo Alentejo a um território sustentável, não só do ponto de vista ambiental, mas económico, social e cultural”.

Para 2023, Fernando Romba afirmou que haverá “novos desafios”, com a CIMBAL a ter “o maior orçamento de sempre, superior a 10 milhões de euros”. A aposta da entidade vai na direcção da “gestão dos bios resíduos, um programa financiado pelo Fundo Ambiental e que nós somos a entidade gestora para os 13 municípios. O projecto visa promover a separação dos lixos e evitar a deposição em aterro”, explicou.
Com o encerramento do Alentejo 2020, a Comunidade Intermunicipal como organismo intermédio, “terá um conjunto alargado de investimentos nomeadamente nos equipamentos escolares”.

O 2030 já aprovado, gerou alguma expectativa para a entidade em questão, que vai assumir as competências nos sectores ligados à acção social e ao turismo. No turismo, “a nível interno, a articulação vai ser feita com a Entidade Regional de Turismo e a nível externo, com a Agência Regional de Promoção Turística”, destacou Fernando Romba.

A CIMBAL tem este ano vários desafios pela frente, com a gestão de um orçamento superior a 10 milhões de euros.