A tocar

Título

Artista

No ar

No ar

Background

20 milhões para investir em hospital e centros de saúde no Alentejo

Escrito por em Janeiro 4, 2023

Mais de 20 milhões de euros vão ser investidos nos próximos dois anos em obras e equipamentos no hospital de Portalegre e centros de saúde da região, revelou hoje a Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA).

“Temos em agenda e em curso projetos acima de 20 milhões de euros, nos próximos dois anos”, disse à agência Lusa, Raul Cordeiro, vogal do conselho de administração da ULSNA.
Em destaque, o mesmo responsável colocou a obra que arrancou recentemente e que visa dotar o hospital de Portalegre de uma nova Unidade de Cuidados Intensivos (UCI).
A empreitada ascende a quase a “sete milhões de euros”, contando com os equipamentos, e tem um prazo de execução de 480 dias, disse o vogal da ULSNA, entidade gestora das unidades hospitalares de Portalegre e de Elvas e dos 16 centros de saúde do distrito.

“Esta obra nova é para substituir a atual UCI”, que tem “cinco camas de cuidados intensivos e outras cinco de cuidados intermédios”, referiu.
Por seu turno, a nova unidade “vai ter 14 camas de cuidados intensivos” e contar ainda com uma valência de isolamento para doenças respiratórias, podendo, no total, atingir um máximo de capacidade que “ronda as 20 camas”, explicou.
Raul Cordeiro indicou ainda que a nova UCI está a ser construída no edifício onde se realizam as consultas externas, num novo piso, tendo o projeto sido desenvolvido no âmbito do programa nacional do Governo para o reforço da resposta em Medicina Intensiva.

Além disso, a ULSNA espera inaugurar, já na próxima terça-feira, o novo banco de sangue do hospital de Portalegre, que contou com um investimento de “cerca de 500 mil euros”.
A obra para instalar, posteriormente, naquela unidade hospitalar uma área dedicada à Ressonância Magnética é outro dos projetos ‘em carteira’ da ULSNA, num investimento de “1,2 milhões de euros”, devendo a mesma ficar concluída ainda este semestre, revelou a mesma fonte.
Raul Cordeiro disse esperar também que, até ao final do ano, a ULSNA consiga inaugurar os renovados serviços de Pediatria e de Ortopedia naquele hospital, num investimento de “cerca de dois milhões de euros”.

O vogal do conselho de administração da ULSNA indicou ainda que a Unidade de Saúde Familiar (USF) Portus Alacer, que está situada no Centro de Saúde de Portalegre, vai ser transferida para um bairro da cidade, mais precisamente o bairro dos Assentos.
A empreitada, que deverá arrancar “nos próximos dias”, tem um prazo de execução de cerca de um ano, num investimento que “ronda um milhão de euros”, indicou.

A realização de diversas obras de requalificação e de raiz em centros de saúde e extensões de saúde em vários concelhos do distrito de Portalegre está igualmente projetada pela ULSNA.
“Temos mais obras para lançar [no âmbito do] Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e obras do programa Portugal 2020, em várias localidades do distrito”, afiançou Raul Cordeiro.
De acordo com o responsável, vão decorrer obras de requalificação e de raiz em centros de saúde e extensões nos concelhos de Portalegre, Castelo de Vide, Ponte de Sor, Crato, Nisa, Campo Maior, Gavião, Avis e Marvão.

Fonte. Lusa