A tocar

Título

Artista

No ar

No ar

Background

Soraia Domingos, artista mourense, cria presépio com material reutilizável

Escrito por em Dezembro 13, 2022

O talento da artista mourense Soraia Domingos da Visual Artist e as suas peças com materiais reutilizáveis, têm tido um enorme impacto nos locais onde estão expostos. A última realizada, um presépio com dois metros de altura, pode ser vista no Loures Shopping e foi criada com base no conceito de “Upcycling”, reaproveitando materiais.

Visualmente, é uma obra imponente e com um tema dedicado à época, mas os pedidos de Natal variam conforme os gostos, afirmou a artista plástica durante a entrevista que deu à Planície. “Passam um pouco por tudo, como quadros”, por exemplo e o mais recente, o símbolo do Natal para os católicos foi feito “à volta do tema da sustentabilidade com plásticos, garrafas e latas”, recorrendo ao “lixo doméstico, usando o princípio da economia circular, sem ter de comprar nada”.

A diversidade de trabalhos, não só dedicados a um tema, tem revelado as habilidades de Soraia Domingos, mas confessa que um dos seus preferidos, talvez por ter sido o primeiro, é o quadro “Engrenagens na Cidade”. “A obra teve impacto e foi feita com material de telecomunicações e foi a partir deste quadro, que as pessoas viram o meu trabalho ao nível da reutilização de materiais” e que contribuiu posteriormente para uma exposição da artista. Mas não foi o único. A lula gigante que está no Centro Comercial Rio Sul, no Seixal, “feito a partir de lixo recolhido nas praias”, chamou a atenção para esta problemática e para o risco das espécies nos habitats marinhos.

Soraia Domingos viveu em Moura até aos 18 anos, seguindo nessa idade para Lisboa onde fez o curso de Ciências de Arte e do Património na Faculdade de Belas Artes. Actualmente, trabalha numa reserva museológica como Técnica Superior de Gestão de Património e não esquece as suas raízes, motivo de inspiração. Recorda com saudade a primeira exposição feita na cidade “em 2010, estava eu no 12º ano e foi toda criada por mim, com a ajuda dos meus pais”.

Este ano foi convidada pela vereadora da Cultura, Lurdes Balola para voltar a expor, mas “por falta de tempo e de não ter trabalhos disponíveis, não fiz”. O apoio por parte da autarquia, foi sempre facilitado e espera “no futuro poder expor”, nesta que é a sua terra.
Os trabalhos da criadora estão disponíveis no site e nas redes sociais da Visual Artist.