A tocar

Título

Artista

No ar

No ar

Background

Censos 2021: Alentejo foi a região que perdeu mais habitantes

Escrito por em Dezembro 2, 2022

Já são conhecidos os resultados definitivos dos Censos 2021, do Instituto Nacional de Estatística (INE), com a região do Alentejo a perder o maior número de habitantes, com uma redução de cerca de 7,0% para um total de 704.533 pessoas.

Só o distrito de Beja perdeu 5,5% dos habitantes nos últimos 10 anos, onde em 2021 existiam 144.401 pessoas, uma diminuição de 8.357 habitantes em relação a 2011, com 152.758 residentes.

Os dados mostram que apenas em Odemira a população mais aumentou e foi a nível nacional, o município onde a população mais cresceu graças à imigração, com uma taxa de variação de 13,3% em relação aos Censos anteriores, para 29.538 residentes.

No sentido oposto, Barrancos foi o município que perdeu mais residentes, com 21,6% em relação a 2011 e conta agora com 1.438 habitantes.
No mesmo período, entre 2011 e 2021, o município de Mértola perdeu 14,68% da sua população, passando para 6.206 habitantes, a Vidigueira tem -12,76%, com 5.175 habitantes, Moura registou uma descida de 12,59%, tendo actualmente 13.258 habitantes, Serpa de -11,94% com 13.757 habitantes, Cuba de -10,35% , 4.373 e Ourique de -10,21%, para 4.839.