A tocar

Título

Artista

No ar

No ar

Background

Moura traça plano “ambicioso” para poupança e contenção de água

Escrito por em Novembro 28, 2022

A falta de água e os impactos na região, tem sido uma preocupação dos municípios do Baixo Alentejo, com a campanha promovida pela CIMBAL – “A Escassez de Água” – a alertar para esta problemática. No caso concreto de Moura, a autarquia tem previstas medidas para a poupança, contenção e perdas de água, que se reflectem num plano geral e a curto/médio prazo da parte do município, como adiantou à Planície o vereador José Banha.

Um dos critérios mais recentes, uma espécie de experiência implementada, decorre durante a noite e permite perceber em que zonas da cidade os consumos são mais elevados. “Estamos a fechar todas as noites uma zona da cidade para ver onde se consume mais água em termos de caudal nocturno”, explicou o autarca. A ideia é “identificar esse caudal nocturno por zonas, onde está a ser mais utilizado e quais os motivos”.

Apesar da problemática da falta de água no Alentejo, “Moura não tem sido muito afectada porque tem um aquífero”, mas a curto/médio prazo, a câmara quer avançar também “com um projecto ambicioso de cinco anos para uma gestão hídrica eficiente”. Para que tal aconteça, vai ser realizado “um concurso público com um parceiro externo que nos vai ajudar neste trabalho, que passa por um conjunto de acções”, esclareceu.

Desde logo, o plano da rede de água contempla numa primeira fase, “a substituição de muitos contadores, que por força da natureza da água da nossa rede, estão a ficar inutilizados, assim como de zonas de controle que nos permite verificar os maiores consumos e perdas”. Esta é para já uma das prioridades do município.
José Banha sublinhou que este projecto, “vai de encontro à estratégia nacional de utilização e maximização da água”.
Num futuro próximo, outras medidas de igual importância que integram o plano, serão conhecidas com a ambição de ser feita uma utilização consciente da água.