A tocar

Título

Artista

No ar

No ar

Background

Alentejo – Debate sobre a Água conclui que as perdas do regadio são “o foco”

Escrito por em Outubro 25, 2022

Num ano particularmente difícil de seca para o Alentejo, esteve em debate durante dois dias em Beja, a III Energy and Climate Summit organizada pelo Projecto Guardiões, juntou diversos especialistas, responsáveis políticos e empresariais, autarquias e associações.

O debate deu a conhecer as mais recentes inovações científicas e tecnológicas, bem como as melhores práticas nacionais e internacionais na gestão da Água.

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, marcou presença, admitindo que o desafio da gestão da água é da responsabilidade de todos. “O cidadão é a tutela da água, porque nós, aqueles que definem e põem em prática a política publica, somos apenas os responsáveis por garantir disponibilidades e por garantir mecanismos para o uso eficiente da água”, afirmou a responsável na sessão de encerramento da conferência.

Na apresentação das conclusões da conferência, o Administrador Executivo da Águas do Tejo Atlântico, Hugo Xambre, recordou que “poupar 15% do desperdício do regadio, ou seja, a água de regadio que se perde, é ter a água necessária para o consumo doméstico, para o consumo humano durante um ano”. Neste sentido, sublinhou que apesar da necessidade de “reduzir as perdas de água nos sistemas de abastecimento”, as perdas no regadio “têm de ser o nosso foco”.

A iniciativa contou com o presidente da Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, o Ministro do Ambiente e Acção Climática, Duarte Cordeiro, a Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Isabel Ferreira, o Ministro do Ambiente da Guiné Bissau, Viriato Cassamá e diversos especialistas da área do Ambiente.