A tocar

Título

Artista

No ar

No ar

Background

Moura – Campanha de azeitona começa hoje com produção estimada em 30 milhões de quilos

Escrito por em Outubro 17, 2022

A Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos começa hoje a campanha de azeitona, que se prevê de contra-safra, embora não seja uma surpresa, com a seca severa no Alentejo a prejudicar fortemente o olival de sequeiro. No que diz respeito à produção, este ano será mais reduzida, apontando para cerca de 30 milhões de quilos, metade daquela que deu o ano passado.

O presidente da cooperativa de Moura e Barrancos, José Duarte, não escondeu alguma preocupação com o cenário que aí vem. “Vamos iniciar hoje a campanha, apesar de ainda estarem temperaturas de verão. O facto é que a azeitona está adiantada a nível de controles de maturação, existindo determinados parâmetros, como o rendimento e a gordura com matéria seca, que indicam que em alguns olivais, a azeitona está no ponto óptimo de colheita”. Mesmo assim, o ano é de “contra-safra. Viemos de uma campanha record de produção e era esperada uma campanha menor”.

Um dos principais factores para este mau ano no sector oleícola, é a seca severa um pouco pelo país, mas com sérias consequências no olival, no caso do Alentejo. “Tem implicações muito negativas no nosso olival de sequeiro, o que para nós é uma situação preocupante, porque os custos de produção duplicaram e até triplicaram”, observou o empresário agrícola.

A situação é bastante séria, com uma dura realidade que vai ser vivida por alguns agricultores, “que este ano não vão colher azeitona dos olivais. É uma situação complicada para esses agricultores, porque vão ter um ano de colheita zero”, adiantou José Duarte. Além disso, “o facto de não ter chovido, pode implicar nesses olivais de sequeiro, uma produção muito baixa no próximo ano”.

As previsões de produção na Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos apontam para “30 milhões de quilos de azeitona, metade da produção que tivemos o ano passado”, sustentou o presidente.

Começa hoje em Moura a campanha de azeitona, e as previsões não são animadoras para o olival de sequeiro.