A tocar

Título

Artista

No ar

No ar

Background

Pedro Abrunhosa e os Camponeses de Pias juntam-se em digressão europeia

Escrito por em Outubro 15, 2022

O cantor Pedro Abrunhosa começou a sua digressão por alguns países da Europa, mas desta vez acompanhado pelo Grupo Coral e Etnográfico Os Camponeses de Pias, numa fusão de musicalidade que merece ser ouvida.

O Luxemburgo é a primeira paragem internacional já no dia 22 deste mês, numa das salas do Casino 2000, um complexo de casinos situado na capital, onde vai estar o músico do Porto e os 27 elementos do Grupo Coral.

Mas, ao contrário do que se pensa, este convite não surgiu por acaso, parte de “uma ligação mais antiga, que vem praticamente desde 2018”, recordou Paulo Ribeiro, o cantor e compositor que dirige os Camponeses de Pias neste projecto.

Mas afinal do que se trata? No mesmo ano, 2018, decorria o “Festival B”, em Beja “e eu fui desafiado pelos Camponeses de Pias para fazermos versões de singles de música pop e transpúnhamos essas músicas para o imaginário do Cante Alentejano, só com vozes, sem recurso a nenhum instrumento”, contou.

Escolhidas as músicas, foram feitas versões do “Momento” de Pedro Abrunhosa, do “Haja o que houver” dos Madredeus, dos sitiados e do “Circo de Feras” dos Xutos & Pontapés”, afirmou Paulo Ribeiro, feliz com este encontro.

Curiosamente, as versões dos singles, deram origem a um disco, chamado “É assim uma Espécie de Cante”.

Sempre atento à arte de fazer boa música, Pedro Abrunhosa soube do trabalho discográfico do Grupo Coral e “ficou muito entusiasmado com a possibilidade de podermos participar no espectáculo dele, em Serpa”, lembrou o responsável do projecto, numa altura em que o músico cantou no Encontro de Culturas, na cidade raiana.

O momento especial viria a acontecer o ano passado, durante uma homenagem ao compositor de “Para os Braços da Minha Mãe”. “Fizemos a surpresa e entrámos palco adentro e cantámos. A partir daí, gerou-se uma empatia e ligação artística interessante”, recordou Paulo Ribeiro.

Nesta digressão, além do Grupo Coral e Etnográfico Os Camponeses de Pias, Pedro Abrunhosa actua a solo, apenas com um guitarrista em palco.