A tocar

Título

Artista

No ar

No ar

Background

Processo de reposição da Freguesia de Santo Amador a decorrer com sucesso

Escrito por em Outubro 13, 2022

A Comissão de Luta pela Reposição da Freguesia de Santo Amador, apresentou uma proposta na Assembleia da União de Freguesias para a reposição da Freguesia de Santo Amador, por iniciativa dos eleitores recenseados nas três freguesias que integram a União de Freguesias.

A nota de imprensa enviada pela comissão, dá ainda conta de um avanço positivo nas intenções da comissão, facto que deixou os seus elementos “bastante satisfeitos, uma vez que tem sido possível progredir no trabalho que a comissão esta a levar a cabo”.

Neste momento, a Comissão de luta já recolheu elementos para construir o processo, elogiando “a prestável colaboração da União de Freguesias de Moura e Santo Amador e da Câmara Municipal de Moura e dos respetivos presidentes que têm prestado todo o apoio solicitado para que o processo possa ser concretizado”.

João Ramos, um dos membros da Comissão de Luta pela Reposição da Freguesia de Santo Amador, reforçou à Planície, a “disponibilidade” e o “apoio” do “presidente da Câmara de Moura e do presidente da União de Freguesias para ajudar a comissão na elaboração deste processo”, que necessita de “um conjunto de elementos que só a câmara e a União de Freguesias podem fornecer, nomeadamente, elementos relacionados com as questões contabilísticas da autarquia ou mapas”.

Com o processo a correr os seus trâmites, quase em simultâneo, a Comissão de Luta está a fazer a recolha de assinaturas, onde têm de ter no mínimo, 650 assinaturas, para que possa dar entrada na Assembleia da União de Freguesias. “Entendemos que mais do que uma força política a apresentar a proposta”, a mesma, “devia surgir dos cidadãos”, adiantou João Ramos. E, explicou o porquê. “Tendo em conta a dimensão da freguesia, e inseridos numa União de Freguesias que tem mais de 5.000 eleitores, precisamos de arranjar no mínimo 650 assinaturas para que o assunto dê entrada na Assembleia de Freguesia”.

A realçar que neste momento, as assinaturas recolhidas ultrapassam as 500, o que corresponde a 75% das assinaturas necessárias, processo que tem contado com a colaboração de residentes mourenses.

Para já, os eleitores inscritos em Santo Amador, cerca de 85% já subscreveram a proposta. “Diz muito daquilo que é a vontade da população ter de volta a sua freguesia”, confirmou João Ramos.