A tocar

Título

Artista

No ar

Discos Pedidos

10:15 11:59

No ar

Discos Pedidos

10:15 11:59

Background

Dívida da LTO: “hipocrisia” e “manobra de distração”. Reage a CDU de Moura

Escrito por em Outubro 7, 2022

Sobre o assunto levantado pelos eleitos do PS das verbas em duplicado à empresa Maurício LTO, no valor de mais de 83 mil euros, a comissão coordenadora de Moura da CDU, em nota de imprensa enviada à Planície, assumiu que “é um facto que, por lapso, foram efetuados pagamentos em duplicado a essa empresa. Situação que foi detectada no tempo da gestão CDU e numa altura em que a empresa já tinha declarado a sua falência”. Ressalvam que em relação a este assunto, “não houve intervenção direta dos eleitos nesta situação”.

Acrescentam que sobre os pagamentos indevidos “também os houve no primeiro mandato da gestão do Partido Socialista, com um vereador a receber, durante vários meses, a sua remuneração na totalidade quando só podia receber metade. Esta situação só foi resolvida por insistência da CDU e o referido vereador procedeu, então, à devolução dos montantes em causa”.

A comissão coordenadora de Moura da CDU, apontou na nota de imprensa que “faltou aos atuais responsáveis do município dizer que os 83.749.00€, de que agora se fala, já estavam numa conta bancária de que a câmara de Moura é titular”. Dizem que “faltou também dizer que a Câmara tinha em seu poder, da mesma empresa, garantias bancárias no valor de 114.153,44€. E faltou esclarecer que, com este acordo, perdoaram à empresa o montante de 10.408,77€”, referem na informação enviada.

Alegam ainda que o PS, é “incapaz, no âmbito das suas competências, de dar resposta aos problemas da população do concelho de Moura: com os projetos que consideravam emblemáticos a sofrer adiamentos atrás de adiamentos; com investidores a procurar outros concelhos para concretizar os seus projetos; com problemas a avolumar-se; com um crescente descontentamento geral e sem resposta ou solução para o que o concelho necessita, a atual gestão do município, estando ainda prisioneira do passado e, como forma de distrair as atenções, num passo de mágica e ilusionismo, saca do fundo da cartola ou, neste caso do baú, deste assunto da conta-corrente com a empresa LTO para atacar e responsabilizar os eleitos da CDU”.

Como conclusão, dizem que “os eleitos da CDU estão perfeitamente tranquilos relativamente a esta questão que, aliás, foi debatida no início do anterior mandato por sua iniciativa e denunciam a hipocrisia e a manobra de distração da atual gestão. Seria melhor que dedicassem o seu tempo a trabalhar em prol do concelho de Moura. É isso que a CDU continuará a fazer apresentando propostas e soluções, lutando por um concelho melhor”.

É desta forma que a comissão coordenadora de Moura da CDU, responde ao assunto levantado pelo PS, das verbas pagas em duplicado à empresa de construção Maurício LTO.