A tocar

Title

Artist

No ar

A Nossa Voz

18:15 18:59

No ar

A Nossa Voz

18:15 18:59

Background

Autorização de novas Equipas de Intervenção nas associações de bombeiros

Escrito por em Julho 28, 2022

O Ministério da Administração Interna (MAI), autorizou a celebração de mais 65 protocolos com vista à criação de novas Equipas de Intervenção Permanente (EIP), no segundo semestre de 2022. No total, são já 734 as EIP autorizadas, estando 553 em pleno funcionamento.

Esta decisão consolida a aposta no reforço do modelo de resposta profissional permanente aos riscos de protecção civil, numa parceria entre a Administração Central, as Câmaras Municipais e as Associações Humanitárias de Bombeiros.

Das 65 novas EIP, 36 serão constituídas em territórios de baixa densidade, sendo que no caso da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Moura, existem duas Equipas de Intervenção Permanente a funcionar.

A selecção destas EIP foi baseada em critérios objetivos e verificáveis, estabelecidos pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e apresentados à Liga dos Bombeiros Portugueses.

Com a criação destas 65 novas EIP, compostas por um total de 325 operacionais, eleva-se o total de equipas autorizadas para 734, mais do que quadruplicando as 169 EIP criadas até 2016.

Os protocolos, a celebrar entre a Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil, as Câmaras Municipais e as Associações Humanitárias de Bombeiros, visam melhorar a eficiência da Protecção Civil e as condições de prevenção e socorro face a acidentes e catástrofes.

As EIP, pagas em partes iguais pela Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil e pelas Câmaras Municipais respectivas, são equipas formadas por cinco bombeiros profissionais que se destinam ao cumprimento de missões no âmbito da Protecção Civil. Os bombeiros que integram estas equipas são caracterizados pela elevada especialização, com competências em valências diferenciadas para actuarem em diferentes cenários.