A tocar

Title

Artist

No ar

Hora H

19:00 19:59

No ar

Hora H

19:00 19:59

Background

Municípios do Baixo-Alentejo estão a reciclar mais

Escrito por em Julho 25, 2022

No primeiro semestre de 2022, a RESIALENTEJO registou um aumento do número de resíduos, provenientes da recolha selectiva face ao mesmo período do ano anterior. O destaque vai para os biorresíduos, cuja recolha conseguiu um crescimento de 133%, o equivalente a 645,5 toneladas.

O material orgânico é utilizado para compostagem, realizada nas instalações da RESIALENTEJO, sendo que entre Janeiro e Junho foram encaminhadas para a agricultura 1000 toneladas de composto produzido, a mesma quantidade que em todo o ano de 2021.

A empresa intermunicipal, responsável pela gestão de resíduos urbanos nos concelhos de Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura, Ourique e Serpa prevê encaminhar, até dezembro, 2000 toneladas.

A recolha de resíduos de vidro, neste primeiro semestre, fixou-se nas 810,1 toneladas, o que simboliza um aumento de 16,8%. Foram ainda recolhidas 1102 toneladas de papel e cartão, mais 3,6% que em 2021, e 903,9 toneladas de plástico e metal, mais 0,1% que no ano passado.

A RESIALENTEJO tem vindo a apostar em acções de sensibilização ambiental que promovam uma maior separação de resíduos e utilização dos ecopontos.