A tocar

Title

Artist

No ar

A Nossa Voz

18:15 18:59

No ar

A Nossa Voz

18:15 18:59

Background

Agricultores do Baixo Alentejo pedem exepções na Situação de Alerta

Escrito por em Julho 21, 2022

Em Carta Aberta dirigida à Ministra da Agricultura e Alimentação, a Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo – FAABA, reconhece a necessidade de implementação de medidas que evitem a propagação de incêndios no nosso País, mas propõe algum alívio nas medidas de Situação de Alerta contra incêndios no Alentejo.     

Uma das situações está relacionada com o horário definido para a utilização das máquinas debulhadoras que se encontram em plena campanha de recolha de cereais, que é feita no período da manhã, entre as 06h00 e as 10h00 e no período da tarde, entre as 19h00 e as 22h00.

Perante isto, a FABA decidiu tomar uma posição e propõe que seja permitida a debulha normal dos cereais, excepto no período compreendido entre as 13h00 e as 17h00 horas, período em que as temperaturas são mais elevadas em situações climáticas extremas, em que tenha sido decretado o alerta vermelho para a região.

O presidente da associação, Rui Garrido, pretende com esta Carta Aberta “alertar o Governo, a Ministra da Agricultura, mas não depende só deste ministério, é um despacho conjunto de vários ministérios, de situações que não podem parar na nossa agricultura”, conforme disse à Planície.

O empresário agrícola apresentou o seu ponto de vista e reforçou que “o horário da manhã tecnicamente não nos serve. O que dizemos é que fora do período de maior calor, deve-se poder debulhar com todos os cuidados”.

Rui Garrido relembrou ainda que “é normal fazer a debulha de cereais no Alentejo com temperaturas acima dos 30 0C, sendo que as zonas ocupadas por esta cultura situam-se em áreas desprovidas de coberto florestal, onde o risco de incêndio é diminuto”.

Além das situações já mencionadas, o despacho do Governo não reflecte a instalação de sistemas de rega para culturas permanentes, em que se torna necessária a utilização de retroescavadoras para abertura e fecho de valas. A sugestão é que para estes trabalhos, seja estabelecido um horário semelhante ao solicitado para a colheita dos cereais.

Recorde-se que a Situação de Alerta em Portugal foi prolongada até hoje, dia 21, sendo reavaliada no mesmo dia.