A tocar

Title

Artist

No ar

Caprichos da Noite

00:00 05:59

No ar

Caprichos da Noite

00:00 05:59

Background

Lógica EM “trabalhadores preocupados com o funcionamento da empresa” CDU de Moura

Escrito por em Junho 3, 2022

Na última reunião de Câmara em Moura, no passado dia 18 de Maio, onde marcaram presença trabalhadores da LÓGICA EM, empresa de tecnologias no desenvolvimento de energia fotovoltaica, situada no Centro de Acolhimento a Microempresas de Moura, 

ao que parece, os funcionários em questão, mostraram alguma preocupação com o funcionamento da empresa e a continuidade dos seus postos de trabalho.

Essa tomada de posição, foi apresentada pela Comissão Coordenadora de Moura da CDU, em nota de imprensa enviada à Planície, onde se lê que “os trabalhadores manifestaram preocupação com o actual funcionamento da empresa e questionaram o Presidente da Câmara sobre o futuro da mesma, não tendo obtido uma resposta concreta”.

Para obter esclarecimentos mais concretos, a Planície contactou Luís Rico da CDU de Moura, que nos disse que na reunião, aquilo que preocupava os trabalhadores era “a possibilidade de um despedimento nesta empresa. Fomos surpreendidos com essa situação nesse dia, o que para nós também causou estranheza, dada a dimensão do problema.

Não tínhamos informação directa do executivo, de que a empresa estaria neste ponto, o que para nós é um pouco surreal”. E continuou: “Tentámos demonstrar apoio aos trabalhadores porque acreditamos que a LÓGICA, é uma empresa muito importante para o concelho. Está na linha da frente no que toca à área da fotovoltaica das energias renováveis, deve ser um investimento a ter em conta no nosso concelho”, referiu Luís Rico.

A posição do membro da Comissão Coordenadora de Moura da Coligação Democrática Unitária, foi ainda reforçada com a nota enviada, de que “a CDU deseja a viabilização da LÓGICA EM, garantindo que a mesma coloca todos os seus recursos ao serviço do concelho de Moura. Não aceitaremos soluções que passem por despedimento dos trabalhadores e tentativa de amputação do projeto solar em Moura”.