A tocar

Title

Artist

No ar

No ar

Background

Começa hoje a Semana do Património Histórico em Moura

Escrito por em Maio 18, 2022

A Semana do Património Histórico vai realizar-se entre hoje dia 18, até 29 de Maio, em Moura, uma actividade promovida pela autarquia de Moura, que vai já na sua 20ª edição.

Esta semana histórica, acontece para desenvolver e dinamizar os diferentes núcleos museológicos e divulgar o património local. Do programa, há a destacar hoje o Dia dos Museus, às 15:30, com um passeio botânico “Ervas que se comem – silvestres e saborosas” e, às 21:00, no Lagar de Varas do Fojo, a apresentação do livro com o mesmo nome, “Ervas que se comem”, de Fernanda Botelho.

De referir ainda a Noite dos Museus, no dia 22 de Maio, às 22:00, no Museu de Arte Sacra, na Igreja de São Pedro, com o concerto da banda da SFUM “Os Amarelos”.

Inserida nesta actividade, está entre hoje e até 26 deste mês, a exposição “O Museu cá de Casa”, na Galeria do Espírito Santo, que contou com a colaboração dos alunos da Universidade Sénior de Moura, organizada no âmbito da disciplina “Cultura Sénior”, onde o património afectivo merece ser mostrado.

A exposição estará patente na Galeria do Espírito Santo das 10:00 às 12:00 e das 15:00 às 17:00. Destaca-se ainda a visita guiada promovida pelos alunos, no dia 22 de Maio, às 16.00.

Associação em Honra de Nª. Srª. do Carmo dá início ao projecto “Eu tenho um tijolo”

Com a Festa de Moura em Honra de Nª. Srª. do Carmo “praticamente fechada”, de 14 a 18 de Julho, como disse Lino Pinto durante a entrevista à Planície, é altura agora de continuar o projecto “Eu tenho um tijolo”, divulgado pela Associação em Honra de Nª. Srª. do Carmo durante a Feira de Maio, em que todos os visitantes puderam contribuir.

Nesse sentido, o protocolo com a Câmara de Moura está numa fase inicial, mas a ideia é que seja construída uma sede para as comissões de festa, que seja um espaço preparado para eventos e restauração. Outro dos membros da associação, o mourense José Raul, explicou à Planície em que consiste este projecto: “Criou-se a ideia de fazer uma sede em Alvenaria, que seja definitiva de maneira a aproveitar um espaço que fosse nosso e que pudéssemos usufruir dele e também para as comissões vindouras”.

Lino Pinto reforçou a ideia: “Precisamos de um espaço onde as comissões de festa possam trabalhar condignamente, onde haja uma sede, porque é o povo que dá o tijolo e nós temos de ser o canalizador para essa população poder usufruir do que é a Comissão de Festas”. Este, é um projecto “que vai ser iniciado por esta direcção, mas não vai ser finalizado por ela. Esperemos que em breve haja um grupo que dê continuidade a este projecto e ao que é a Comissão de Festas”.