A tocar

Title

Artist

No ar

No ar

Background

Edições da Baja TT Montes Alentejanos asseguradas até 2025

Escrito por em Maio 2, 2022

O Clube de Promoção de Karting e Automobilismo (CPKA) assinou recentemente com o Município de Beja, um protocolo que assegura o apoio da edilidade para a concretização das três próximas edições da Baja TT Montes Alentejanos.

O apoio da autarquia de Beja para a realização desta prova, que acolhe grande agrado por parte de pilotos e equipas, “é de grande importância tanto para a continuidade da competição como para a região, uma vez que a Baja TT Montes Alentejanos é também um excelente suporte para a economia local”, refere a nota de imprensa enviada à Planície pela organização.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, a assinatura deste acordo assume grande relevância: “Este protocolo aprovado pela Câmara Municipal de Beja e pela Assembleia Municipal de Beja é muito importante, porque permite ter uma expectativa de continuidade desta prova em Beja até 2025. O que acabámos de protocolar com o CPKA é a manutenção em Beja por mais três anos de uma das melhores provas do calendário do Todo-o-Terreno Nacional, senão mesmo a melhor” revelou o autarca, em comunicado.

Humberto Silva, Presidente do CPKA, mostrou-se satisfeito com a assinatura deste protocolo: “Conseguimos estabilizar esta prova em três anos com a realização de três excelentes edições. Mesmo com a pandemia conseguimos fazer três grandes provas e falando concretamente desta última edição, era impossível fazer melhor”.

Com uma grande ligação do Baixo Alentejo ao automobilismo, a prova designada como Montes Alentejanos começa nos anos 60 com a primeira edição do então rali a decorrer em 1968 consagrando Manuel Champalimaud, aos comandos de um Morris Mini Moke, como grande vencedor.

A competição alentejana regressou em 2005, em formato todo-o-terreno, com vitória de Rui Sousa em Nissan, numa jornada marcada ainda pela estreia da então modelo Diana Pereira nas competições de todo-o-terreno.

Depois de um interregno de mais de uma década, os Montes Alentejanos regressaram em 2020 pela mão do CPKA, que assegurou até 2025 com a autarquia de Beja, a continuidade da edição.