A tocar

Title

Artist

No ar

Caprichos da Noite

00:00 05:59

No ar

Caprichos da Noite

00:00 05:59

Background

Aumento do preço do pão Alentejano origina quebra de vendas em Moura

Escrito por em Abril 7, 2022

Com o aumento do preço dos combustíveis e da farinha, inevitavelmente, o preço do pão subiu. No caso da empresa Flôr do Trigo, em Moura, por esse motivo, houve uma quebra nas vendas que se situa entre os 15 e os 20%, custando actualmente um pão grande, 1,70 € e um pão pequeno, 1,05 €.

A Planície falou com o responsável da panificadora mourense, Hugo Fonseca e ficou a saber que “tem sido muito difícil” gerir estes aumentos, já que “os combustíveis aumentam duas vezes por semana e tem sido um exagero”.

Além da distribuição em Moura, a panificadora tem dois postos de venda em “Santo Aleixo e Alqueva, onde se faz alguns quilómetros e ainda vou ao Pedrogão. Tudo isso se nota na factura dos combustíveis”, afirmou Hugo Fonseca.

Entre as despesas fixas da água e da luz e outras, acresce ainda o aquecimento dos fornos a gás: “É um balúrdio. De três em três semanas, gasto duas toneladas de gás e é um absurdo os aumentos”, disse o padeiro consternado. E sublinhou: “Já a farinha aumenta praticamente todos os meses”.

Estas contingências, segundo o mesmo, sentem-se “na quebra das vendas, que sofreram uma subida entre 15 a 20% e até mais”.

Receoso quanto ao futuro da empresa e dos 12 funcionários, o empresário só quer “aguentar estes postos de trabalho”, onde se inclui, assim como à irmã, sem ter de tomar medidas drásticas.

A subida dos combustíveis e da farinha, aumentou o preço do pão a nível nacional e em Moura, no caso da empresa Flôr do Trigo, também se reflectiu.