A tocar

Title

Artist

No ar

No ar

Background

GNR alerta para situações de Ciberbullying nas escolas do concelho de Moura

Escrito por em Fevereiro 14, 2022

O Ciberbullying é a modalidade virtual do bullying, que é identificado pelas intimidações repetitivas, entre crianças e adolescentes, mas com características próprias, pois tem um efeito multiplicador e de grandes proporções, quando acontece na internet. Nesta modalidade de bullying, as tecnologias como telemóveis, computadores e os ambientes como as redes sociais, servem para produzir, veicular e disseminar conteúdos de insulto, humilhação e violência psicológica que provocam intimidação e constrangimento dos envolvidos.

A Guarda Nacional Republicana em parceria com a Microsof estão a realizar durante o mês de Fevereiro, acções de formação e sensibilização, no âmbito do programa Internet mais Segura.

O comandante do Destacamento Territorial de Moura da Guarda Nacional Republicana (GNR), capitão Nelson Pestana, disse à Planície que “neste momento, estamos em parceria, com a Microsof, a fazer um projecto durante o mês de Fevereiro, a nível de várias acções de sensibilização e de formação nas escolas, quer para alunos, como também para os encarregados de educação”. E adiantou que “nós alertamos, para os vários perigos da internet, como todos sabemos, actualmente existe muito o ciberbullying, também derivado da pandemia, que provocou um aumento destas situações”.

O oficial sobre estes factos a nível do distrito de Beja, sublinhou que “nós temos tido algumas ocorrências nas escolas, em que fomos alertados, principalmente pelos professores, sobre situações preocupantes, que se passam com alunos de escolas do concelho de Moura, Barrancos, Serpa, Beja, Alvito e Vidigueira”.

Nelson Pestana frisou ainda que “nós temos uma regra base, que fornecemos sempre aos alunos, nas nossas acções de formação, que é, nunca dar dados pessoais, ter atenção às fotografias que se colocam, nas redes sociais, nunca dizer a morada e em que escola estuda”. E sublinhou que “são com estas regras básicas, com que tentamos sempre alertar os alunos e os encarregados de educação, para terem este cuidado com as crianças, porque nesta altura de pandemia elas ficam muito tempo em casa, em frente ao telemóvel ou ao computador”.

O Ciberbullying não é um problema entre duas pessoas ou apenas entre agressores e vítimas. Ele envolve as testemunhas, os apoiantes e incentivadores, além de ter sempre um contexto que pode favorecer ou prevenir que ele ocorra e é caracterizado por um comportamento intencional de perturbar, intimidar e/ou agredir, repetido ao longo do tempo.