A tocar

Title

Artist

No ar

Caprichos da Noite

00:00 05:59

No ar

Caprichos da Noite

00:00 05:59

Background

Aprovada Moção pela construção total do Bloco de Rega Amareleja-Póvoa-Moura

Escrito por em Janeiro 29, 2022

Um dos assuntos debatidos esta semana em reunião da Câmara Municipal de Moura, foi a aprovação por unanimidade da Moção “Pela construção da totalidade do Bloco de Rega Amareleja/Póvoa/Moura”.

Esta Moção, segundo nota de comunicação da autarquia mourense enviada à Planície, surge “numa altura em que o Presidente da EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva proferiu declarações públicas a dar conta da intenção de amputar a área de regadio que havia sido anunciada para o concelho de Moura, em cerca de 3000 hectares”, sendo que houve o defraudar das “legítimas expectativas da população do concelho, afectando directamente o sector agrícola”, afirmou Álvaro Azedo.

Esta acção partiu do próprio presidente da autarquia, segundo confirmou à nossa redacção. “Foi uma iniciativa minha, no sentido de continuarmos a ter o Bloco de Rega que é nosso, do concelho, na ordem do dia”.

E continua: “A intenção não é fazer campanha eleitoral à volta de um projecto que é da maior importância. É sim, continuar a trabalhar na defesa dos interesses dos nossos agricultores e na defesa do desenvolvimento do concelho. É isso que temos vindo a fazer nos últimos quatro anos”.

Disposto a resolver a situação do Bloco de Rega Amarela/Póvoa/Moura daí ter tomado esta medida, Álvaro Azedo afirmou que “acima de tudo trabalhamos com o Governo, com a EDIA e com a Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos, no sentido deste e outros assuntos da maior importância para a vida do município e para o dinamismo do mundo agrícola, darem passos em frente”.

Em relação à postura tomada, o edil de Moura e a equipa dizem estar “descansadíssimos quanto à nossa atitude e quanto à nossa proactividade à volta de cada uma das matérias. Não fiquemos parados porque o nosso trabalho vai para lá das eleições e toda a gente sabe que há muito aproveitamento político à volta deste assunto”.

Sem querer que o tema seja esquecido, Álvaro Azedo destacou que “o processo do Bloco de Rega não é um assunto terminado aqui. Vamos continuar a bater-nos pela sua construção na plenitude e teremos certamente o Bloco de Rega Amareleja/Póvoa/Moura, que é isso que nós dirigimos ao Governo e exigimos à EDIA mais empenho na resolução dos assuntos que tem a ver com este Bloco de Rega”.

A protecção dos morcegos, outra das preocupações levantadas pelo responsável da EDIA, também foi abordada pelo presidente da autarquia: “Recordo que a Câmara Municipal de Moura, quando a EDIA manifestou dificuldade à volta deste processo e foi há bastante tempo, até se disponibilizou para custear metade do estudo que a EDIA dizia não ter dinheiro”.

O Presidente da Câmara de Moura exige assim responsabilidades ao Governo e à EDIA na construção total do Bloco de Rega.