A tocar

Title

Artist

No ar

No ar

Background

ULSBA vai tentar resolver problemas que motivaram demissão no hospital de Beja

Escrito por em Janeiro 19, 2022

A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) reconheceu, no final da reunião que realizou com os médicos demissionários, a falta de médicos e a sobrecarga de trabalho e comprometeu-se a tentar resolver problemas que levaram à demissão de 12 chefes de equipa das urgências.

O director clínico de Cuidados Hospitalares da ULSBA, José Aníbal Soares disse aos jornalistas que “é evidente a falta de recursos humanos, isso é um facto aqui, talvez por sermos muito periféricos, talvez porque as condições de pagamento não são as melhores”.

Por sua vez os médicos em comunicado, referem que, o Conselho de Administração da ULSBA “mostrou vontade para, em conjunto, trabalhar no sentido de resolver as problemáticas apresentadas”. O Conselho de Administração da ULSBA compromete-se a fazer com o Grupo de Trabalho criado, um regulamento para o chefe de equipa do Serviço de Urgências, assim como a fazer as contratações.

No documento os médicos de Medicina Interna sublinham que “vão continuar a assegurar os cuidados médicos à população em todas as suas áreas de intervenção, com empenho resiliência e dedicação, mantendo o objectivo prioritário de melhorar as condições de atendimento aos doentes”.

Recordamos que ontem, 12 chefes de equipa das Urgências do hospital José Joaquim Fernandes em Beja, pediram a demissão, por falta de condições de trabalho.