A tocar

Title

Artist

No ar

Miga-lhe Sopas

09:00 11:59

No ar

Miga-lhe Sopas

09:00 11:59

Background

Legislativas 2022 – Henrique Ferreira apresenta as propostas eleitorais do PSD

Escrito por em Janeiro 11, 2022

Henrique Silvestre Ferreira, Engenheiro Agrónomo e empresário, foi indicado pelo Presidente do Partido Social Democrata, Rui Rio, para voltar a ser o cabeça de lista pelo PSD no distrito de Beja, às legislativas de dia 30, tal como aconteceu há dois anos.

Nestas legislativas o candidato concorre sem coligação ao CDS/PP por indicação de Rui Rio, porque “o PSD tem o seu programa mais ligado ao centro, apesar do CDS ter algumas visões muito parecidas com a nossa”, assegurou Henrique Ferreira, sem descartar essa hipótese a longo prazo: “Não digo que no futuro não possa haver uma coligação, mas neste momento é um programa ligado ao centro”.

Durante a entrevista com a Planície, o cabeça de lista pelo Partido Social Democrata ao distrito de Beja, contou que se sente preparado para ser “a voz do Baixo Alentejo na Assembleia da República” e contou que “se sente com força e preparado para esta missão”, embora o convite o tenha apanhado de surpresa.

No entanto, “vivo no Baixo Alentejo, tenho uma empresa e sei dos problemas que a região está a viver”. E reforçou: “Nos últimos seis anos temos sido esquecidos e abandonados com promessas que não são cumpridas”.

No sector do emprego, a fixação de jovens no distrito faz parte do programa eleitoral do PSD, tal como referiu o candidato: “Sou um jovem, tenho 33 anos e vejo muitos amigos a sair de Portugal. Em 10 anos, cerca de 950 mil portugueses saíram de Portugal”. Para que tal não acontece, o empresário diz que é preciso “baixar os impostos para que os jovens tenham melhores condições de vida, criar mais condições às empresas para se modernizarem e contratarem mais jovens”.

Por outro lado, caso seja o partido a vencer as legislativas, o Partido Social Democrata pretende “uma parceria entre o Instituto Politécnico de Beja às empresas, para que os jovens tenham condições de entrar nas empresas”.

Nesse sentido, o candidato destacou que é muito importante “criar condições que tenham uma visão estratégica de futuro. O aeroporto de Beja tem mais de 100 postos de trabalhão. É preciso investir e modernizar as empresas”.

Já na saúde e sobre a ampliação do Hospital de Beja, a Planície questionou o candidato sobre as posições do PS e do CHEGA durante as entrevistas das legislativas. O partido do governo garante que o financiamento de 30 milhões está garantido e o partido de André Ventura diz que nada foi feito nesta legislatura.

Henrique Ferreira mostrou a posição do seu partido: “É a nossa bandeira. Só ouvimos promessas e não há nada de concreto. Queremos ver a primeira pedra e a construção”. Para que tal aconteça, o candidato afirmou que “irei fazer todos os esforços na Assembleia da República”. A ampliação da unidade hospitalar concretiza-se com o financiamento europeu “horizonte 2030, mas queremos mais celeridade”, afirmou o empresário.

Quando o assunto a tratar são as acessibilidades, o PSD propõe “melhorar os acessos ao IP8 e a electrificação da ferrovia. As pessoas querem sair das cidades e pode haver aqui uma oportunidade para o distrito e para fixar pessoas. É um investimento necessário e urgente”, destacou Henrique Ferreira. E continuou: “É preciso acabar a ligação da auto estrada de Sines a Beja e de Beja a Ficalho. Estamos numa zona estratégica: perto do Alqueva, perto de Lisboa e próximos de Sevilha. Temos de aproveitar este diamante lapidado”.

Na agricultura, o cabeça de lista referiu que uma das estratégias de Rui Rio e do partido, é “apoiar os jovens agricultores e fazer com a agricultura rejuvenesça”.

Sobre a Rede Natura, “em Safara temos a situação de Rede Natura em que não pode haver regadio. É um assunto delicado que tem a ver com a União Europeia”, assegurou o candidato. Na opinião do empresário, a proposta é “zonas que sejam produtivas e próximas de água, que sejam transferidas”.

O assunto em questão é complementado com o aviso do lançamento do Bloco de Rega Moura/Póvoa/Amareleja: “É uma bandeira do Baixo Alentejo e não só do PS. Já não acredito nessas promessas. Fiquei muito desiludido com o PRR”, refutou o candidato. “Podíamos aumentar as reservas de água do Baixo Alentejo”, sugeriu.

Sobre um tema que mereceu destaque nos últimos meses de 2021, relacionado com a falta de armazenamento das fábricas do distrito para responder à transformação de bagaço, Henrique Silvestre explicou o que deve ser feito: “Na produção de bagaço nunca houve paragem concreta. Sei porque também sou agricultor. É preciso ampliar as fábricas nessa capacidade, mas a EDIA teve um trabalho forte no estudo de fazer composto orgânico com essa produção”, realçou o cabeça de lista do PSD pelo distrito de Beja.

Nas políticas sociais, uma das medidas que mereceu destaque da parte do candidato para atrair jovens ao distrito, é o abono de família pré-natal: “Majoração de 50% para o primeiro filho e 100% para o segundo, terceiro e seguintes filhos e licença parental para 26 meses”.

O candidato do PSD, Henrique Silvestre Ferreira volta a concorrer às legislativas pelo distrito de Beja.