A tocar

Title

Artist

No ar

Mar Azul

22:00 23:59

No ar

Mar Azul

22:00 23:59

Background

“Ano agrícola de 2021 fraco, mas bom para a olivicultura” Agricultores do Baixo Alentejo

Escrito por em Janeiro 3, 2022

Segundo os dados agora publicados do Instituto Nacional de Estatística, (INE) as previsões agrícolas, em 2021 apontam para uma campanha oleícola histórica, com uma produção de azeitona para azeite superior a 1,1 milhões de toneladas (+55% face a 2020), a maior da série (1945-2021).

A instalação dos cereais de inverno está a ser condicionada pela escassa precipitação principalmente no Alentejo.

O presidente da Associação de Agricultores do Baixo Alentejo, Francisco Palma, disse à Planície que “o ano agrícola de 2021, de acordo com as várias culturas e actividades agrícolas que se desenvolvem no Alentejo, não foi igual para todas as culturas e para os cereais de sequeiro”.

E sublinha que “o ano foi fraco, mas para a olivicultura tem sido um ano extraordinário, talvez o ano de maior produção de azeitona e azeite, que há memória. A pecuária, teve uma boa primavera, que permitiu fazer boas forragens, bons fenos para o Algarve”. Francisco Palma adiantou ainda que “nesta última parte do ano, nós temos tido um ano seco, que beneficiou a olivicultura, mas prejudicou a pecuária e as sementeiras de sequeiro. O ano não é igual para todos, é melhor para uns do que para outros. As áreas de sequeiro são as que tem sido muito prejudicadas com a variabilidade climática”.

Ano agrícola de 2021 no Alentejo, fica marcado pela grande produção de azeitona e de azeite