A tocar

Title

Artist

No ar

No ar

Background

Centro ABC inaugura hoje em Moura sede da Delegação do Alentejo

Escrito por em Outubro 7, 2021

As IV Jornadas sobre “Envelhecimento Activo e Saudável” promovido pelo Algarve Biomedical Center (ABC), vão arrancar na tarde desta Quinta-feira, coincidindo com a inauguração da sede da Delegação do Alentejo do Centro ABC, num dos edifícios do Pátio dos Rolins, em Moura.

Em colaboração com a Câmara Municipal de Moura, entre hoje e 9 de Outubro será debatido o tema, considerado como o “desafio das próximas décadas”, tal como referiu Nuno Marques, Presidente do ABC, que destaca ainda: “Como instituição de investigação, inovação e com grande capacidade de aplicação na comunidade, não podemos passar ao lado dos problemas que nos rodeiam. O ABC apostou na investigação e na melhoria dos cuidados de saúde associados ao envelhecimento ativo e saudável, em todas as suas vertentes”.

Esta iniciativa anual, onde são debatidas soluções práticas para promover a melhoria da qualidade de vida da população, conta no seu calendário de actividades com a participação hoje de John Krakauer, um dos mais conceituados investigadores na área da inteligência artificial (IA) e que vai falar sobre a relação entre a IA e o envelhecimento activo.

“As jornadas do ABC são um fórum de partilha e discussão da investigação que está a ser realizada ao nível do ABC-RI – ABC Research Institute, quer na investigação essencial quer na sua translação para a clínica. Este ano contamos com oradores nacionais da Fundação Champalimaud e outros parceiros do ABC, permitindo uma partilha entre as instituições e estabelecer pontes desde a investigação até à sua aplicação na comunidade”, sublinhou Nuno Marques.

Na Sexta-feira, dia 8 de Outubro, a Secretária de Estado da Acção Social, Rita da Cunha Mendes, estará com o Presidente do ABC, Nuno Marques, a discutir o investimento do ABC na investigação do envelhecimento.

No dia 9, último dia do fórum, Ian Philip, da Organização Mundial da Saúde marcará presença na conferência sobre “Age Care”.

Além da presença dos investigadores, outros grupos de relevo farão parte deste debate, como estudantes, profissionais de saúde e representantes de diversas entidades ligadas ao ensino, formação, investigação científica e desenvolvimento regional.