A tocar

Title

Artist

No ar

Hora H

08:15 08:59

No ar

Hora H

08:15 08:59

Background

Universidade de Évora quer acolher alunos e mulheres afegãs

Escrito por em Agosto 26, 2021

A Universidade de Evora (UÉ) anunciou que, vai disponibilizar 10 postos de trabalho a mulheres afegãs, em várias áreas, e permitir o acesso a estudantes daquele país, face à “crise humanitária no Afeganistão”.

A reitora da Universidade, Ana Costa Freitas, em comunicado explica que tomou esta iniciativa porque “é impossível ficarmos indiferentes ao sofrimento do povo afegão e, muito concretamente, das mulheres afegãs”. Para a Reitora da UÉ, “a protecção dos Direitos Humanos, como o Direito à Educação, têm de ser salvaguardados e, enquanto dirigente de uma Instituição de Ensino Superior, cuja missão é produzir e transmitir conhecimento, não posso deixar de sentir que temos, de alguma forma, e na medida das nossas possibilidades, contribuir activamente.”

A iniciativa foi de imediato comunicada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), que tutela a instituição, e está neste momento a ser articulada com o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

Recorde-se que já em 2015, no contexto da crise na Síria, a UÉ recebeu um grupo de estudantes oriundos daquele país, sendo que, foram apoiados, na totalidade, ao nível nacional, e através da Plataforma Global de Assistência a Estudantes Sírios, criada por Jorge Sampaio em 2013, cerca de três dezenas de estudantes universitários sírios que prosseguiram os seus estudos em IES portuguesas.