A tocar

Title

Artist

No ar

Caprichos da Noite

00:00 05:59

No ar

Caprichos da Noite

00:00 05:59

Background

“Suplemento de risco é absolutamente indigno” – APG/GNR

Escrito por em Julho 22, 2021

A Associação dos Profissionais da Guarda – APG/GNR considera que o valor proposto pela Tutela para o suplemento de risco é absolutamente indigno e desconsidera os profissionais da GNR e da PSP, o risco que correm, o desgaste a que estão sujeitos.

O vice presidente da Associação, José Miguel, referiu à Planície que está em causa “a proposta inicial, apresentada pela Tutela. Consideramos nós, que é indigna e não faz qualquer sentido”.

E acrescenta que “porque se são aqueles valores que foram propostos, que o ministro da Administração Interna, ou que o Governo em si, consideram ser o valor do risco dos profissionais das forças de segurança, quando do desempenho das suas funções é indigno. É até atentatório áquilo que é a nossa dignidade e postura profissional”.

José Miguel salienta que “os valores estão entre os 48 e os 68 euros. Se isto é o valor da vida humana, em relação ao risco que se corre e ao desempenho da missão, é respeitoso, até para nós Associação, enquanto profissionais”.

Segundo a APG/GNR, avaliar o risco das funções de segurança pública com estes valores, é o equivalente a afirmar-se que essas funções basilares de um Estado de Direito Democrático valem pouco ou nada e que os agentes que as executam não têm direito à sua dignidade profissional.