A tocar

Title

Artist

No ar

Pela Manhã

09:00 09:59

No ar

Pela Manhã

09:00 09:59

Background

Barrancos – Está de regresso o Festival Terras Sem Sombra

Escrito por em Junho 18, 2021

A 17.ª edição do Festival Terras Sem Sombra, tem início no próximo fim-de-semana, em Barrancos.

Após a interrupção da programação de 2020, devido à situação pandémica, o festival está de regresso ao público.

A exemplo das anteriores temporadas, a programação inclui, para além da Música, actividades de Património e Salvaguarda da Biodiversidade.

O programa do fim-de-semana inaugural do Festival, em 19 e 20 de Junho, tem como destaque a actuação do agrupamento belga “Les Abbagliati” no Cineteatro de Barrancos, sábado às 21h30.

O director do Festival, José António Falcão, adiantou à Planície que “o mesmo regressa a Barrancos, com um concerto de abertura. Esta vila raiana é muito ligada ao Terras sem Sombra e é também, de um certo modo, algo emblemático na nossa região”.

Em relação ao programa deste ano, referiu que “quisemos escolher para este efeito um espectáculo que traz até ao Alentejo o que há de mais importante na interpretação da música barroca dos nossos dias, ou seja, um leque de autores que vai do Sec XVI ao sec XVIII e que nos chega pela mão de um grande agrupamento Les Abbagliati, que se desloca de Bruxelas, propositadamente a Barrancos. No fundo é um sinal também de uma espécie da ressurreição da música e da cultura, depois de um ano difícil”.

Estes dias em terras barranquenhas inclui ainda as acções de Património e de Salvaguarda da Biodiversidade. Na tarde de sábado, dia 19 (15h00), realiza-se uma visita guiada pela vila de Barrancos, intitulada “Entre o Alentejo e a Andaluzia”.

No que respeita à actividade de património natural, o convite é para a observação da geodiversidade do Vale da Ribeira de Múrtega, sob a orientação do geólogo João Matos, do Laboratório Nacional de Geologia e Energia.

Também incluído no evento “Cantigas de Animais” é a proposta do Quinteto de Metais Alentejano para o concerto que apresenta no Cineteatro de Barrancos, hoje, 18 de Junho, pelas 11h. O repertório escolhido, de recorte internacional, faz justiça à vocação fronteiriça desta terra do Alentejo com um pé na Andaluzia. Quanto ao evento e ao público esperado, as ligações entre Portugal e Espanha reforçam a sua dimensão europeia.

Os “bichos” constituem o ponto em comum entre a maioria das peças seleccionadas para este singular espectáculo. Destaca-se a ligação, quase desconcertante, entre animais e sons, uma dimensão da biodiversidade – e da cultura – que poucas vezes é valorizada junto de um público não-especializado.

Recordamos que o Festival Terras sem Sombra é um projecto co-financiado pelo Alentejo 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER.

A Rádio Planície, sábado, a partir das 12h.15, vai fazer uma transmissão em direto (92.8 fm e Facebook) de “uma mesa redonda” com vários convidados ligados ao evento.

https://www.facebook.com/radioplanicie/videos/107377591491982